sexta-feira, fevereiro 02, 2007

A MARCA AMARELA

O governo português está na China segurando as calças com uma mão e com a outra estendida. Sujeitou-se à humilhação de visitar aquele país numa altura em que o seu presidente Hu Jintao partiu rumo ao continente africano negociar com países não democráticos e denotando assim um desprezo assinalável em relação à diplomacia portuguesa. A violação constante dos direitos humanos, a ausência dos princípios fundamentais da democracia, o apoio da China a países não democráticos como o Sudão, Guiné Equatorial, Zimbabwe, Etiópia e Eritreia, a circunstancia de aquele país ter sido o que mais aplicou a pena de morte, a restrição da sua população à Internet, o facto de os seus trabalhadores não poderem formar sindicatos livremente para além de muitas outras atrocidades, não foram factores decisivos suficientes para que Portugal assumisse uma posição digna de que só os íntegros são capazes. As declarações de Luís Amado, Ministro dos Negócios Estrangeiros, foram bem eloquentes, “a vista portuguesa é exclusivamente comercial”. Percebemos que o resto não importa. Mas Portugal não está sozinho. O mundo inteiro já bate palmas à organização dos próximos Jogos Olímpicos que ali se vão realizar em 2008. Pelos vistos nem as organizações desportivas conseguem escapar à onda chinesa independentemente dos custos humanitários que tal possa representar. O mundo é capaz de demonstrar a sua força implementando há vários anos um boicote económico à ilha de Cuba que ainda hoje perdura. Porquê? Porque os cubanos, apesar do regime igualmente totalitário, são poucos enquanto que os potenciais consumidores chineses são em número bem mais elevado e bastante apetecível ao grande negócio. O mundo é cobarde, é cínico e, Portugal também.

3 Comments:

Blogger Saci Pererê said...

Não só somos governados por cobardes, como os proprios portugueses são cobardes, e os seus governadores sabem-no melhor que ninguém. Segue aqui uma frase que espelha bem a mentalidade do politico e empresário português, e a falta de respeito que existe para com os seus co-cidadãos.

«Portugal é um país competitivo em termos de custos salariais. Os custos salariais são mais baixos do que a média dos países da UE e a pressão para a sua subida é muito menor do que nos países do alargamento», sustentou o ministro(da Economia Manuel Pinho), no Fórum de Cooperação Empresarial Portugal China 2007.

12:19 da manhã  
Anonymous antonio salgado nolasco said...

Dr. Luis Amado, hombre brillantísimo

12:06 da tarde  
Blogger Zheng junxai5 said...

zhengjx20160708
concord 11
fitflop shoes
burberry handbags
toms wedges
gucci outlet online
coach outlet
polo ralph lauren
michael kors outlet online
christian louboutin shoes
louis vuitton purses
nike air max 90
air jordan femme
insanity workout
ralph lauren sale
ralph lauren
coach outlet online
rolex watches
ray ban outlet
toms wedges
tiffany and co
nike roshe one
ladies cartier watches
nike blazers shoes
tory burch boots
true religion jeans
louis vuitton outlet
nike roshe run
true religion sale
cheap toms
ralph lauren outlet
coach outlet
louis vuitton outlet stores
ray ban sunglasses outlet
oakley canada
cheap oakley sunglasses
beats by dr dre
michael kors handbags
coach outlet store
coach factory outlet online
louis vuitton handbags

7:23 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

Powered by Blogger

  • A MEMÓRIA QUE NÃO SE APAGA